Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Institucional
Procurador Geral de Justiça, Eduardo Gussem (à esq.), apresenta "MP em Mapas" a Dom Orani
Dom Orani visita MPRJ e demonstra interesse em firmar parceria com "MP em Mapas"
Publicado em 2017-06-19 09:16:09.0 - Atualizado em 2017-06-19 09:24:41.0

O procurador-geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, apresentou, nesta quarta-feira (14/06), a plataforma digital  “MP em Mapas” para o Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, que esteve na sede do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).
 
O procurador-geral explicou que o "MP em Mapas" reúne informações sociais, institucionais e administrativas relacionadas à atuação do MPRJ e abrange dados da cidade do Rio de Janeiro e de todo o Estado.
 
Durante o encontro, Eduardo Gussem disse que o sistema permite uma análise macro sobre as políticas públicas a serem aplicadas em cada localidade, possibilitando que a instituição tenha um papel resolutivo e preventivo, para melhor atender às demandas da sociedade.

O procurador-geral ressaltou a importância de se buscar parcerias para o aprimoramento das informações criando um ambiente de pesquisa rico e de fácil compreensão.
 
“Vivemos a era da gestão do conhecimento. O compartilhamento de dados é fundamental na busca da maior eficiência e transparência do poder publico, criando uma sociedade mais justa e igualitária.”, disse Gussem. 
 
O subprocurador-geral de Justiça de Administração do MPRJ, Eduardo Lima Neto, explicou a filosofia do "MP em Mapas" para Dom Orani. Prosseguiu dizendo que a ferramenta possibilita o cruzamento de informações em um formato nunca feito antes, capaz de alcançar todas as camadas da população, sobretudo as mais carente.
 
Lima Neto informou ao arcebispo que em breve o MPRJ dará inicio ao desenvolvimento de um centro de pesquisas e que há um desejo de se expandir o "MP em Mapas" para as salas de aula. 
 
Ao final da apresentação Dom Orani parabenizou o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro pela realização de um trabalho social de tamanha relevância e registrou o interesse que a Arquidiocese tem pela ferramenta que será de extrema utilidade. "Temos o compromisso de divulgar o máximo possível iniciativas que contribuam para o fortalecimento da cidadania. Sem duvida o "MP em Mapas" ocupará esse espaço, em breve, e será um belo instrumento de desenvolvimento social”, afirmou.  
 
O sociólogo Ignácio Cano também participou do encontro. Ele é coordenador do Laboratório de Análise da Violência - UERJ.  Ignácio Cano revelou que ficou surpreso com o  volume de informações disponíveis na plataforma digital. “O grande desafio é aumentar a transparência do setor público e das instituições e, nesse aspecto, o "MP em Mapas" terá um papel fundamental", comentou.         
 
Além de Dom Orani, a Arquidiocese esteve representada pelo vigário Episcopal para Caridade Social, Cônego Manuel Manangão e pela chefe do Departamento Jurídico, Claudine Dutra.  
 
Também participaram da apresentação o coordenador do IEP/MPRJ, procurador de Justiça Sávio Bittencourt; as assessoras de Direitos Humanos e Minorias do MPRJ, promotoras de Justiça Eliane de Lima Pereira e Roberta Ribeiro Martins; a subcoordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Infância e Juventude, promotora de Justiça Luciana Benist e a coordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Criminais,  promotora de Justiça Somaine Patrícia Cerruti Lisboa.  

431 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar