Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Cidadania
São João de Meriti
MPRJ ajuíza ação para obter interdição do prédio da prefeitura de São João de Meriti, até a adoção de plano contra incêndio
Publicado em 11/03/2019 20:59 - Atualizado em 11/03/2019 20:59

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva - Núcleo Duque de Caxias, ajuizou, no dia 6 de fevereiro, ação civil pública (ACP), contra o município de São João de Meriti e o prefeito, João Ferreira Neto, com pedido de urgência para determinar a imediata interdição do prédio da prefeitura, até que a administração municipal promova a elaboração e implementação de plano de segurança de incêndio e antipânico no local, com garantia de segurança elétrica e hidráulica, para salvaguardar a integridade física dos funcionários e visitantes, além do patrimônio e documentos públicos.

Segundo a ACP (nº 0003372-23.2019.8.19.0054), o município de São João de Meriti vem, pelo menos há cinco anos, procrastinando a adoção de medidas válidas e eficazes necessárias para obter os certificados do Corpo de Bombeiros para o referido prédio, localizado na Av. Presidente Lincoln, nº 899, Jardim Meriti. A petição inicial lembra que a prefeitura chegou a ser alvo de autos de infração do próprio CBMERJ e a receber Recomendações expedidas pelo MPRJ, visando à adequação das instalações, iniciativas que foram ignoradas. 

Acesse a íntegra da inicial da ACP.

risco de incêndio
172 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)