Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Infância e Juventude
PGJ e representante do Unicef no Brasil analisam ações do Comitê de Prevenção de Homicídios de Crianças e Adolescentes
Publicado em 13/03/2019 17:43 - Atualizado em 13/03/2019 17:47

O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, recebeu na terça-feira (12/03), a representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Brasil, Florence Bauer, para discutir o andamento das ações do Comitê de Prevenção de Homicídios de Crianças e Adolescentes. Junto ao Unicef e a outras 20 instituições, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) integra, desde maio de 2018, o Comitê. E como parte desse compromisso, em novembro do ano passado, o MPRJ publicou resolução que determina que os trâmites relativos à apuração e à responsabilização de crimes que resultem na morte de crianças e adolescentes no Estado do Rio sejam priorizados pelas suas Promotorias de Justiça.

“O MPRJ não medirá esforços para fortalecer o Comitê. Neste sentido, inclusive, acabamos de indicar a Joana Monteiro, ex-diretora do Instituto de Segurança Pública, para assumir o Centro de Pesquisas do MPRJ (CENPI/MPRJ), com o objetivo de dar uma visão mais ampla às nossas Centrais de Inquéritos através da produção de pesquisas científicas”, afirmou o PGJ.

Florence destacou o papel colaborativo do MPRJ nas questões relacionadas à mortalidade infantil. “Nós, do Unicef, sentimos um potencial muito grande nesta parceria e em algumas ideias que estão surgindo com o objetivo de preservar as vidas de nossas crianças e adolescentes. Me agrada muito, por exemplo, a ideia de desenvolvermos um aplicativo que demonstre em tempo real quando as escolas públicas precisam ser fechadas por conta de tiroteios em comunidades. Temos total interesse em avançar no diálogo com o Poder Público para que possamos avançar nesse sentido”, destacou a dirigente.

Participaram do encontro, pelo MPRJ, os promotores de Justiça Eliane Lima Pereira, assessora de Direitos Humanos e Minorias do MPRJ, Rodrigo Medina, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça da Infância e Juventude (CAO Infância e Juventude/MPRJ) matéria não-infracional, Roberta Rosa Ribeiro, assistente da Assessoria de Direitos Humanos e Minorias, Renata Carbonel, subcoordenadora do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação (CAO Educação/MPRJ), Allyne Tavares Giannini, subcoordenadora do CAO Infância e Juventude/MPRJ, matéria não-infracional e Flávia Marcondes, subcoordenadora do CAO Infância e Juventude/MPRJ, matéria infracional. Pelo Unicef, estiveram presentes Luciana Phebo, coordenadora do órgão no Estado do Rio e Immaculada Prieto, oficial de Comunicação do Unicef Rio.

infância e juventude
unicef
114 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar