Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Idoso
IERBB/MPRJ promove seminário sobre cuidados nas Instituições de Longa Permanência para Idosos durante a pandemia de Covid-19
Publicado em 13/09/2021 13:02 - Atualizado em 15/09/2021 10:08

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Instituto de Educação Roberto Bernardes Barroso (IERBB/MPRJ), do Centro de Apoio às Promotorias de Justiça de Proteção à Pessoa Idosa (CAO Idoso/MPRJ), em parceria com a Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG/RJ) e  a Universidade Aberta da Terceira Idade – UNATI/ UERJ, com o apoio do NATEM/MPRJ (Núcleo de Apoio Técnico Multidisciplinar), realizou, nesta sexta-feira (10/09), o seminário "Saúde Mental nas ILPIs em Tempo de Pandemia". O encontro foi realizado na modalidade virtual e transmitido pela página do IERBB/MPRJ no Youtube. 

A coordenadora do CAO Idoso, Cristiane Branquinho, abriu o encontro agradecendo a presença dos participantes e ressaltando que, durante o período de pandemia, houve uma união de forças para  evitar a propagação da doença covid 19 dentro das ILPIs e promover a proteção dos idosos residentes no local. Ressaltou a importância dessas instituições enfatizando que  “Diante desse cenário (pandemia), é hora de fortalecer as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs), falando da importância dessas instituições no cuidado da pessoa idosa. Lembrou da  criação da Frente Nacional de Fortalecimento às ILPIs, permitindo que os profissionais fossem capacitados e pudessem obter respostas e da criação e do papel de associações, como a Associação Estadual das ILPIs e Assemelhados do Rio de Janeiro,  Associação das ILPIs de Niterói e da Associação do município de São Gonçalo, que será criada ainda esse mês”, afirmou a promotora.  

Romulo Delvalle, perito técnico do Grupo de Apoio Técnico Especializado (GATE/MPRJ) e enfermeiro com especialização em gerontologia, falou da importância da retomada do evento, mesmo que de forma online.  E ressaltou o protagonismo do MPRJ durante a pandemia de Covid-19. “Os promotores e os técnicos do MPRJ foram incansáveis na tentativa de minimizar os contágios nas ILPIs do Rio de Janeiro”, avaliou.

A representante da UNATI/Uerj, Sandra Rabelo, destacou que desde 2009 há uma interação entre o MPRJ e a universidade, realizando esses encontros anuais para os dirigentes e profissionais das ILPIs, visando a promoção dos cuidados e trazendo qualidade de vida aos idosos que residem nestas instituições de longa permanência em nosso Estado.    

A palestra inicial foi do médico geriatra Virgilio Moreira, Vice Presidente  da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia do Rio de Janeiro (SBGG/RJ), que falou sobre saúde mental nas Instituições de Longa Permanência para Idosos e também sobre fake news e infodemia, que significa o excesso de notícias compartilhadas, algumas verdadeiras e outras não.  Para ele, uma política nacional de cuidado integral é necessária. “ A equipe multiprofissional é fundamental para essa troca entre todos nós. E nas ILPIs não é diferente, existe a urgência desse cenário com a equipe dando suporte ao idoso, ao hóspede, ao técnico e em especial à família”, afirmou.   

Em seguida, o promotor de Justiça Luiz Cláudio Carvalho de Almeida, titular da Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência Núcleo Campos dos Goytacazes, destacou a importância da atenção à autonomia da pessoa idosa. “Quando um idoso ingressa em uma ILPI, muitas coisas mudam para ele, independentemente do histórico. A pessoa vai passar a viver em um outro ambiente, com regras diferentes e com situações que de fato impactam qualquer um. É um desafio, uma nova situação”, destacou, acrescentando que garantir a autonomia do idoso com transtorno neurocognitivo não significa deixá-lo livre para fazer o que quiser. "A garantia da autonomia pressupõe proporcionar o desenvolvimento de vida viável, nas condições em que ele se encontra. E é imprescindível tratar o idoso com dignidade e empatia”, ressaltou.

Felippe Mendonça, médico psiquiatra do NATEM/MPRJ, com formação em psiquiatria geral e psicogeriatria pelo IPUB/UFRJ e Carolina Rebellato, terapeuta ocupacional e professora adjunta do departamento de terapia ocupacional da UFRJ e presidente do departamento de gerontologia da SBGG/RJ, falaram sobre “A Identificação e atuação dos profissionais das ILPIs na Saúde Mental dos idosos.”  

Para que as dúvidas dos participantes pudessem ser sanadas, durante o evento foram encaminhadas por e-mail perguntas aos palestrantes. Durante a tarde foram realizadas três oficinas e o encerramento se deu com a discussão de casos sobre autonomia da pessoa idosa nas ILPIs, interação familiar com idosos residentes em ILPIs, como fazer ? e atividades cognitivas e motoras nas ILPIs durante a pandemia. 

A íntegra do seminário pode ser acessada no canal do IERBB/MPRJ no Youtube ou diretamente pelos links 

 10/09 - Saúde Mental nas ILPIs em Tempo de Pandemia (Parte 1 - 9h30 às 12h) - YouTube 

10/09 - Saúde Mental nas ILPIs em Tempo de Pandemia (Parte 2 - 15h às 17h) - YouTube

idosos
universidade aberta da terceira idade
ierbb
instituto de educação roberto bernardes barroso
sociedade brasileira de geriatria e gerontologia
83 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar