Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Infância e Juventude
MPRJ participa da 11ª Caminhada da Adoção em Copacabana e lança campanha sobre busca ativa
Publicado em 19/05/2022 16:19 - Atualizado em 20/05/2022 15:13

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) divulgará, durante a 11ª Caminhada da Adoção, que acontece neste domingo (22/05), em Copacabana, o projeto “Quero uma Família”, criado pelo MPRJ em 2016 para auxiliar crianças e adolescentes acolhidos, e sem perspectivas iniciais de serem adotados, a encontrarem uma família. A caminhada terá início às 9h, com concentração no posto 6, em frente ao Forte de Copacabana. Além da participação na caminhada, a partir desta sexta-feira (20/05), o MPRJ iniciará uma campanha, em suas redes sociais, com publicações alusivas ao Dia Nacional da Adoção, comemorado em 25 de maio, com explicação objetiva e didática sobre o processo de adoção e o mecanismo de busca ativa por habilitados.

O “Quero Uma Família” é um sistema de busca ativa em que pessoas habilitadas à adoção, em todo país, podem conhecer crianças e adolescentes do Estado do Rio de Janeiro que não possuem pretendentes à adoção. Esse é o grupo das chamadas “adoções necessárias”, geralmente integrado por crianças com mais de 8 anos, grupos de irmãos, ou crianças e adolescentes com doenças crônicas e doenças graves.¿ Para facilitar a busca, o sistema contém informações básicas das crianças e adolescentes, sendo acessível aos habilitados mediante cadastramento e fornecimento de senha. Responsável pelo projeto, o coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça da Infância e Juventude - matéria não infracional (CAO Infância e Juventude/MPRJ), promotor de Justiça Rodrigo Medina, estará presente ao evento no domingo.

Atualmente, 292 crianças e adolescentes estão aptos para adoção no Rio

De acordo com dados do Sistema Nacional de Adoção e Acolhimento (SNA), existem em todo o país, atualmente, 33.102 pessoas habilitadas a adotar uma criança ou adolescente e 4.104 crianças e adolescentes aptas para adoção. A grande maioria das pessoas interessadas em adotar (82%), aceita crianças apenas na primeira infância (0 a 6 anos). No Estado do Rio, existem 3.156 pessoas habilitadas e 292 crianças e adolescentes aptos para adoção. Com relação ao panorama nacional, o quadro pouco muda no quesito preferência para adoção, uma vez que 75% das pessoas só aceitariam adotar crianças na primeira infância (0 a 6 anos) e cerca de 40% aceitam adotar qualquer etnia.

“Embora tenhamos registrado avanços nas adoções necessárias, alcançados pela utilização da busca ativa e da flexibilização de perfil das crianças e adolescentes a serem adotados por parte dos habilitados, há ainda obstáculos a superar, visando buscar maior celeridade aos processos em tramitação e enfrentar as premissas equivocadas acerca da adoção. O dia nacional da adoção e a caminhada servem para dar visibilidade a essa pauta importante e demonstrar que existem milhares de crianças e adolescentes perdendo parte de sua vida em serviços de acolhimento e privados do direito de viver em família.”  

Participe da caminhada neste domingo e acesse as redes sociais do MPRJ

Instagram

Twitter

Facebook

Por MPRJ

quero uma família
adoção
146 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar