Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Idoso
MPRJ discute em evento maneiras de garantir autonomia de idosos nas residências coletivas de longa permanência
Publicado em 22/06/2022 14:47 - Atualizado em 22/06/2022 14:47

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Proteção ao Idoso  (CAO Idoso/MPRJ) e do Instituto de Educação Roberto Bernardes Barroso (IERBB/MPRJ), realizou, nesta terça-feira (21/06), o evento “Efetividade do Direito à Autonomia da Pessoa Idosa na Instituição de Longa Permanência: Uma Proposta de Atuação”. O evento buscou sensibilizar a sociedade e discutir formas de garantir aos idosos um envelhecimento de forma saudável, tranquila e com dignidade dentro de residências coletivas.

O tema foi explorado em uma palestra do promotor de Justiça Luiz Cláudio Carvalho de Almeida, titular da Promotoria de Justiça de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência do Núcleo Campos dos Goytacazes e coordenador do CRAAI Campos. Luiz Cláudio explicou objetivamente o conceito de autonomia do idoso, descreveu o que são as Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) e falou sobre como garantir a autonomia dentro dessas instituições.

Nesse sentido, abordou alguns dos principais obstáculos encontrados (a desumanização, não reconhecimento de direitos, despreparo da equipe técnica, inexistência de modelos de atuação) e, por fim, descreveu uma série de medidas que devem ser adotadas para que a pessoa consiga efetivamente levar uma vida com qualidade, em vez de sentir que apenas aguarda pelo seu fim. Durante o evento também foi apresentado o manual sobre o tema recentemente lançado, através do CAO IDOSO, por Luiz Cláudio, que traz uma proposta de trabalho para que todos os profissionais das ILPIs garantam uma rotina com mais autonomia para os idosos acolhidos, ainda que acometidos por transtornos neurocognitivos graves. O manual está disponível neste link.

A coordenadora do CAO Idoso/MPRJ, Cristiane Branquinho, ressaltou a importância de ampliar o debate e a troca de conhecimento sobre o tema. "Essa divisão de conhecimentos torna possível a mudança de paradigma das instituições. A gente costuma conversar que existem adequações que são solicitadas por promotores, mas são muito onerosas, como reformas arquitetônicas, estruturais. Aqui tratamos de modificações que vão repercutir enormemente na vida daquelas pessoas e que não demandam gastos, dependem de organização e planejamento por parte dos gestores", destaca Branquinho.

Com transmissão aberta pelo canal do IERBB/MPRJ no Youtube, o evento foi acompanhado por membros e servidores do MPRJ, além de gestores e equipes técnicas de ILPIs. A gravação completa está disponível AQUI.  Vale lembrar que junho é o mês dedicado ao Combate à Violência contra a Pessoa Idosa, instituído pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por MPRJ

evento
ierbb
autonomia de idosos
imprj
longa permanência
VISUALIZAÇÕES AINDA NÃO CONTABILIZADAS
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar