Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Criminal
MPRJ, PCERJ e Polícia Militar realizam operação contra quadrilha responsável por furtar combustível de dutos da Transpetro
Publicado em 22/09/2022 06:52 - Atualizado em 22/09/2022 07:56

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especializada de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), a Polícia Civil, por intermédio da DDSD, e a Polícia Militar, através da Corregedoria Geral da PMERJ, realizam operação nesta quinta-feira (22/09) contra uma organização criminosa responsável por furtar combustíveis em dutos da Transpetro. O objetivo é cumprir 4 mandados de prisão e 11 de busca e apreensão contra os denunciados. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Especializada em Crime Organizado do TJRJ e estão sendo cumpridos nos municípios de Cachoeiras de Macacu, Duque de Caxias e Itaguaí, além da capital fluminense, no bairro de Cosmos, zona Oeste.

Já foram cumpridos três mandados de prisão e, na casa do policial militar Claudio Rafael Bernardino, apontado como líder da organização criminosa e preso nesta manhã, foram apreendidos revólver 38 Special ROSSI N° W181617, uma granada, uma granada de Paint Ball, duas pistolas de Air soft, dois fuzis de Air soft, uma algema, uma lanterna, um coldre da Taurus, um carregador de pistola 380, um carregador de pistola 9 mm, um carregador de pistola Canik, 20 munições de 9mm lote n° EOU66, 13 munições de revólver 38 e seis munições de Pistola 380.
 
A investigação teve início a partir de notícia formulada pela Transpetro, que constatou a ocorrência do furto de petróleo de seus dutos, em dias diversos no mês de janeiro de 2022. Após cientificada de nova despressurização nos dutos, uma equipe da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados seguiu ao local e, ao desembarcarem da viatura, os policiais civis foram surpreendidos por disparos de arma de fogo contra eles. Na ocasião, os policiais encontraram no interior do veículo abandonado no local documentos, telefone celular e outras munições. A investigação avançou e conseguiu descortinar uma organização criminosa voltada para a prática reiterada de furto qualificado de petróleo de dutos da Transpetro.

Por MPRJ

 

gaeco
crime organizado
transpetro
furto qualificado
279 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar