Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Criminal
MPRJ obtém recebimento de denúncia contra acusados de integrarem quadrilha de tráfico de munições
Publicado em 23/07/2019 14:50 - Atualizado em 23/07/2019 16:15

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 7ª Promotoria de Investigação Penal – 3ª Central de Inquéritos, obteve o recebimento da denúncia contra Eduardo Vinicius Brandão de Oliveira, Vicente Carlos de Oliveira Braga e Gaspar Silva Porto pela prática do crime de associação criminosa voltado para o transporte de munições de calibre restrito e comércio clandestino de munições. De acordo com as investigações, os três, aliados a William Sebastião Pessoa, Jeniffer Libanio Gonçalves e três pessoas identificadas como “Ugá”, “Cintia” e “Juninho/Macaquinho”, agiram previamente ajustados e transportaram munição de uso exclusivo do Exército da cidade de Brasília para o Rio, com a intenção de fornecer munição a organizações criminosas da cidade.
 
William e Jeniffer, já denunciados pelo MPRJ, foram presos em flagrante, em junho de 2018, ao serem pegos transportando em um veículo, na rodovia Washington Luiz, 890 cartuchos de munição do calibre 5,56x45mm NATO e 500 cartuchos de munição do calibre 7,62x51mm NATO, todos de uso proibido. William relatou que a carga foi enviada por Eduardo e que receberia o valor de R$ 2 mil para levar o material de Brasília para o Rio. Pela análise dos celulares da dupla presa, foi possível verificar uma troca de mensagens com os denunciados, tratando da logística do transporte das munições e da organização dos passos para que o material fosse entregue a um receptador na capital fluminense. 
 
Eduardo é considerado o líder do grupo, sendo o idealizador e articulador dos crimes praticados mesmo estando preso à época dos fatos, comandando de dentro do presídio todos os passos da organização. Vicente atuava como intermediário do líder, sendo o contato direto com o fornecedor das munições, pessoa ainda não identificada pelas investigações. Gaspar preparou o veículo para que William efetuasse os transportes ilícitos das munições, de modo que o mesmo não levantasse suspeitas.
 
Veja a íntegra da denúncia

pip
central de inquéritos
munições de uso exclusivo
rodovia washington luiz
148 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar