Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Criminal
MPRJ realiza operação de busca e apreensão contra oito PMs denunciados por associação ao tráfico na comunidade da Serrinha, em Madureira
Publicado em 10/09/2019 08:50 - Atualizado em 10/09/2019 08:50

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), realiza nesta terça-feira (10/09), em parceria com a Corregedoria da PMERJ e a CSI/MPRJ, a segunda fase da Operação Sertão Carioca o cumprimento de mandados de busca e apreensão contra oito policiais militares, denunciados por integrarem associação criminosa voltada ao tráfico de entorpecentes. Segundo a denúncia, apresentada no dia 30 de agosto, o grupo desempenhou suas atividades criminosas na área do 9º BPM entre os anos de 2013 e 2014, em especial nas comunidades que integram o Complexo da Serrinha, no bairro de Madureira, zona Norte do Rio.

A busca abrange as residências e armários utilizados pelos denunciados nos batalhões, para recolher toda prova possível, necessária à instrução da ação penal. O objetivo é apreender os aparelhos de telefonia celular e demais eletrônicos, para a análise de seus conteúdos, assim como dinheiro, armas, entorpecentes e documentos diversos, que sejam úteis às investigações sobre a atuação da organização criminosa. 
 
A denúncia narra que, em 12 de janeiro de 2014, em horário compreendido entre 10h30min e 12h30min, na Rua Licurgo, na localidade conhecida como Largo da Raia, na citada Serrinha, os denunciados expuseram a perigo viaturas da PM que estavam sob sua guarda e proteção, uma vez que traficantes fortemente armados tiveram acesso aos veículos oficiais, tiraram fotos ao lado de um deles e até dentro do chamado ‘Caveirão’. As fotografias dos traficantes fazendo poses no interior do blindado foram recentemente divulgadas pela mídia, com grande repercussão. E deixaram evidente que os denunciados, na verdade, são ‘força amiga’ dos criminosos, associados que estão, já de longa data, no intuito de permitir o tráfico de drogas na região, deixando de cumprir seu dever legal de combater tal prática.

Na escala de serviço do 9° BPM, consta a relação dos denunciados Luiz Izaltino Arruda, Rivail Victorio, Hildegard Candido da Silva, Fabiano Hugo Ximenes, Maycon Pires Machado, Marcus José Christo Lima, Luís Claudio Esteves Falcão, e Bruno Rodrigues da Silva, como responsáveis pela operação policial no Largo da Raia, na Serrinha, no período de 5h30min até 18h. Reforça o MPRJ que os denunciados praticaram os delitos mediante paga, pois se associaram aos traficantes locais em troca de vantagem financeira. Com isso, deixaram de cumprir o seu dever legal, favorecendo e contribuindo com o tráfico de entorpecentes praticado pelos comparsas.

gaeco
traficantes
busca e apreensao
madureira
serrinha
caveirao
354 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar