Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Direitos Humanos
MPRJ participa de audiência pública para debater casos de racismo religioso no estado
Publicado em 09/11/2019 11:40 - Atualizado em 09/11/2019 11:39

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Assessoria de Direitos Humanos e Minorias (ADHM/MPRJ), participou nesta sexta-feira (08/11) de audiência pública promovida pela Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) para discutir casos de racismo religioso no estado. O encontro, realizado no terreiro de candomblé Ilê Omiojuarô, em Nova Iguaçu, contou com as presenças das promotoras de Justiça Eliane de Lima Pereira, coordenadora da ADHM/MPRJ, e Roberta Rosa Ribeiro, subcoordenadora, além da Defensoria Pública, de deputados estaduais, lideranças religiosas e representantes da secretaria estadual de Direitos Humanos e da Prefeitura de Nova Iguaçu.

“Encontros como este são importantes para não perdermos o enfoque de que os ataques às religiões de matrizes africanas tratam-se de algo estrutural, proveniente do racismo. Precisamos reafirmar a laicidade do Estado e resguardar a liberdade religiosa de nossos cidadãos, prestando contas à sociedade da nossa atuação no que tange ao assunto”, destacou a coordenadora do ADHM/MPRJ. (Link)

A presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Alerj, Renata Souza, vai apresentar à Organização das Nações Unidas (ONU) um documento contendo casos de violação dos direitos religiosos. Dados apresentados pela Comissão durante o encontro mostram que, no Estado do Rio, foram registrados 1.014 casos de intolerância entre julho de 2012 e agosto de 2015, sendo 71% contra adeptos de religiões de matrizes africanas, 7,7% contra evangélicos, 3,8% contra católicos, 3,8% contra judeus e sem religião e 3,8% de ataques contra a liberdade religiosa de forma geral.

Por MPRJ

direitos humanos
racismo
intolerância religiosa
racismo religioso
140 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar