Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Cidadania
MPRJ obtém recebimento de denúncia contra ex-procurador geral de Justiça Cláudio Lopes
Publicado em 11/02/2020 09:40 - Atualizado em 11/02/2020 09:40

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) obteve, nesta segunda-feira (10/02), o recebimento de denúncia apresentada no dia 9 de outubro de 2018 em face do ex-procurador-geral de Justiça, Cláudio Lopes, e outros três envolvidos em esquema de corrupção comandado pelo ex-governador Sérgio Cabral. A denúncia, por crimes contra a administração pública, foi recebida por unanimidade pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado (TJRJ), a partir do voto do desembargador Elton Leme, que funcionou como relator.

Com o resultado do julgamento, o ex-procurador-geral de Justiça, Cláudio Lopes, torna-se réu e responderá pelos crimes de corrupção passiva, violação de sigilo funcional e formação de quadrilha. O ex-governador Sérgio Cabral e os outros dois denunciados – Wilson Carlos, então secretário de Governo, e Sérgio de Castro Oliveira, conhecido como Serjão – foram acusados de corrupção ativa. A organização criminosa chefiada por Cabral foi responsável pela prática de diversos crimes na execução de obras custeadas com recursos federais captados pelo Governo do Estado do Rio de Janeiro, cometidos entre o final de 2008 e dezembro de 2012.

Segundo a denúncia, Cláudio Lopes teria recebido R$ 7,2 milhões em propina para "blindar" a organização criminosa chefiada pelo ex-governador de investigações do próprio MP fluminense. Os pagamentos de propina a Lopes teriam começado ainda durante a campanha dele para a chefia da instituição, no valor de R$ 300 mil. Depois de escolhido procurador-geral de Justiça por Sérgio Cabral, Cláudio Lopes passou a receber, a partir de março de 2009, a mesada de R$ 150 mil. A propina foi paga até dezembro de 2012, quando Lopes deixou o cargo máximo no MPRJ.

Por MPRJ

denúncia
claudio lopes
crime contra a administração pública
240 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar