Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Institucional
MPRJ realiza solenidade de posse de novo promotor de Justiça substituto
Publicado em 13/02/2020 18:23 - Atualizado em 13/02/2020 18:24

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Conselho Superior, empossou, nesta quinta-feira (13/02), William Teitel, novo promotor de Justiça substituto, aprovado no XXXV Concurso para Ingresso na Classe Inicial da Carreira do Ministério Público. A sessão foi presidida pelo procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, ao lado da corregedora-geral, Luciana Sapha, e da procuradora de Justiça Anna Maria Di Masi. Em sua fala, o PGJ destacou a presença de diversas autoridades e fez uma referência especial à família do novo promotor de Justiça: estavam na solenidade seu pai, o juiz federal Vigdor Teitel; sua mãe, a advogada Fanny Teitel; e sua irmã, Amanda Teitel, aprovada no mesmo XXXV Concurso, e cuja posse no cargo de promotora substituta deverá ocorrer nos próximos meses.

Após a leitura do termo de compromisso por William Teitel, coube ao secretário-geral do MPRJ, Dimitrius Viveiros Gonçalves, a apresentação do termo de posse, assinado logo em seguida. O procurador de Justiça Dennis Aceti Brasil fez a saudação ao novo membro. “Já tendo experimentado quase três décadas nas fileiras do Ministério Público fluminense, dou as boas-vindas ao jovem promotor, que certamente emprestará muito de seu frescor e disposição à instituição, que vem marcando com tinta indelével as páginas de uma democracia igualmente jovem. E é no texto da Constituição Federal que o colega deverá buscar as ferramentas e os fundamentos para suas mais altas e dignificantes tarefas, sempre em defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos direitos sociais e individuais indisponíveis”.

Em seu discurso de posse, William Teitel ressaltou a importância do MPRJ, do qual passa a fazer parte. “Há mais de 100 anos que o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro serve ao povo fluminense com o propósito de tornar a sua vida mais digna e justa, buscando a concretização de direitos e a solução dos problemas sociais. Instituição combativa por excelência que, seja por si própria, seja pela associação dos membros, envida esforços junto aos outros poderes com o fim de obter condições melhores ao efetivo cumprimento de sua atividade-fim. Tamanha responsabilidade deve ser tida em conta pelos novos membros, imiscuídos do dever de manter o legado da instituição em que ingressam”, afirmou.

O novo promotor falou ainda sobre os desafios do nosso tempo. “As novas tecnologias e suas externalidades impactam o Ministério Público. Inteligência Artificial, internet das coisas, crimes cibernéticos, privacidade e proteção de dados são apenas alguns exemplos que desafiarão a atuação dos promotores no século XXI. E, sem dúvidas, o MP fluminense está em constante movimento. Laboratório de Inovação, com uso de tecnologia da informação e processamento de dados; centro de pesquisas, plataforma de análises, diagnóstico e georreferenciamento, entre outros. Todo esse aparato poderia ser encontrado em uma empresa no Vale do Silício. Mas se situa, agora mesmo, nesse prédio. O MPRJ está atento à realidade que o circunda, ao adotar medidas que o colocam à altura dos novos desafios. Principalmente, ao priorizar atuações preventivas e antecipar situações de crise. É uma mudança de paradigma”, concluiu.

Prestigiaram a posse do promotor autoridades como o subprocurador-geral de Justiça de Relações Institucionais e Defesa de Prerrogativas, Marfan Martins Vieira; o presidente da Associação do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Amperj), procurador Ertulei Laureano Matos; o subprocurador-geral de Justiça de assuntos Criminais e Direitos Humanos, Ricardo Ribeiro Martins; o chefe de gabinete, Virgílio Stavridis; a promotora Georgea Marcovecchio Guerra, diretora-presidente da Fundação Escola Superior do Ministério Público (Femperj); o juiz federal Paulo André Espírito Santo e o procurador do Banco Central, José Eduardo Ribeiro, entre outras personalidades.

O edital do XXXV Concurso para Ingresso na Classe Inicial da Carreira do Ministério Público foi publicado em janeiro de 2018 com validade inicial de dois anos, a partir da homologação do resultado final, divulgado em 31 de janeiro de 2019, e prorrogável uma vez por igual período. No total, 47 candidatos foram aprovados nas provas escritas e de títulos. Em sua fala final, Eduardo Gussem anunciou que pretende, ao longo deste ano, dar posse a todos os demais aprovados no certame. Dessa forma, já está programada, para 19 de março, solenidade para dar posse a outros três promotores substitutos: Luisa Thury Mosqueira de Azevedo, Décio Viégas de Oliveira e Marcelo Abramovitch.

Por MPRJ

posse
xxxv concurso para o mprj
solenidade
conselho superior do mprj
novo promotor de justiça substituto
1076 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar