Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Cidadania
Petrópolis
MPRJ vistoria abrigo para vítimas das chuvas em Petrópolis e cobra na Justiça o fornecimento de alimentação adequada no local
Publicado em 09/05/2022 20:25 - Atualizado em 09/05/2022 20:25

A promotora de Justiça Vanessa Katz, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Petrópolis, visitou nesta segunda-feira (09/05) o abrigo Sítio São Luiz, mantido pela prefeitura do município para receber vítimas da tragédia das chuvas que caíram em fevereiro e março na cidade. Conforme foi constatado durante a visita, o abrigo não oferece alimentação adequada às 51 pessoas que estão no local. O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) peticionou ao Juízo da 4ª Vara Cível para que o Poder Público passe a fornecer, de imediato, alimentação adequada na unidade. 

“Em inspeção de rotina realizada pela equipe do MPRJ na semana passada, verificamos que faltavam proteínas, legumes e verduras na alimentação fornecida no abrigo, e por isso hoje estivemos no local ao lado do juiz titular da 4ª Vara Cível, Jorge Martins, dos secretários municipais de Saúde e Assistência Social, e do procurador-geral do município, que constataram as irregularidades no fornecimento de comida no local. Em média, as pessoas estão comendo 25 gramas de proteína por refeição, o que é insuficiente. Por isso, fizemos o pedido ao Juízo e os representantes da prefeitura se comprometeram a melhorar a alimentação na unidade”, afirmou Vanessa Katz. 

As 51 pessoas que continuam abrigadas no Sítio São Luiz, entre elas crianças, perderam suas residências durante as chuvas. Os abrigados ainda não receberam o aluguel social do governo do estado e prefeitura para a mudança ou ainda não encontraram um imóvel. 

Por MPRJ

chuvas
vistoria
abrigo
alimentação
187 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar