Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Cidadania
Cabo Frio
MPRJ instaura inquérito para apurar ação da polícia em evento de rimas em Cabo Frio
Publicado em 14/05/2022 10:26 - Atualizado em 14/05/2022 10:31

A 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cabo Frio instaurou, nesta sexta-feira (13/05), um inquérito civil para apurar as circunstâncias da ação da Polícia Militar durante uma batalha de rimas que aconteceu no bairro Manoel Corrêa, no último dia 05/05. Na ocasião, policiais efetuaram disparos de arma de fogo contra jovens que participavam do evento. 

De acordo com os organizadores da batalha de rimas, os agentes teriam justificado a ação afirmando que “cultura é só na escola”, “rap é coisa de vagabundo” e “lugar de criança é em casa e não na praça fazendo rap”. Para o promotor de Justiça Vinícius Lameira, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva do Núcleo Cabo Frio, o objetivo do procedimento é atuar em defesa da liberdade de manifestação cultural dos jovens.  

“Essa intervenção está sendo realizada para proteger a liberdade de manifestação cultural, de realização de batalhas de rap dentro da comunidade, sem atos de violência. Iremos ouvir os organizadores do evento, o comandante do Batalhão da PM e tentar desenvolver, conjuntamente, um protocolo de atuação da polícia quando estiverem sendo realizados eventos dessa natureza em comunidades do município’, afirmou o promotor. 

Por MPRJ

mprj
inquérito civil
batalha de rimas
ação da pm
protocolo de atuação da polícia
192 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar