NoticiasDetalhe

Notícia

Institucional
MPRJ recebe alunos da rede pública para visita guiada do Projeto Calçada da Cidadania
Publicado em 22/11/2022 16:31 - Atualizado em 22/11/2022 16:30

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Centro de Memória Procurador de Justiça João Marcello de Araújo Júnior (CDM/MPRJ), recebeu, nesta terça-feira (22/11), alunos e professores do Instituto de Educação Professor Carlos Pasquale, de Nilópolis, para uma visita guiada pelo Corredor Cultural Promotor de Justiça Stênio Lutgardes Neves, localizado no prédio das Procuradorias da instituição. O passeio é parte do projeto Calçada da Cidadania, uma iniciativa conjunta do MPRJ com a OAB-RJ, o IAB e a Defensoria Pública, que tem como objetivo apresentar o sistema judicial para estudantes do ensino médio e fundamental das redes públicas e privadas.

No encontro desta terça, os alunos foram recebidos pela coordenadora-geral de Promoção da Dignidade da Pessoa Humana (COGEPDPH/MPRJ), Patrícia Carvão, que explicou as funções do Ministério Público em diferentes áreas de atuação dentro do sistema de Justiça, e em seguida, apresentou algumas estruturas voltadas para atender e prestar serviço à população. Para a procuradora, é muito importante fortificar essa relação entre o MP e o cidadão, principalmente para aqueles que não conhecem o trabalho da instituição. "O Ministério Público precisa muito da contribuição da sociedade para desempenhar o seu trabalho. A gente só vai poder cuidar de determinadas pautas, se a gente souber que elas existem, por isso a importância desse diálogo constante e dessa visita de vocês aqui na instituição, para vocês também entenderem o nosso trabalho e entenderem o que pode ser trazido aqui para o nosso conhecimento", destacou a procuradora.

Em seguida, André Luiz Cruz, gestor técnico do Programa de Localização e Identificação de Desaparecidos (PLID/MPRJ), explicou sobre o fenômeno do desaparecimento e detalhou o trabalho desenvolvido pelo MPRJ para localização de desaparecidos. "A gente tem um problema aqui no Estado do Rio de Janeiro que é o desaparecimento de pessoas, um problema muito grave, que causa sofrimento para muitas famílias. Às vezes a gente tem a sensação de que esse problema é distante da gente, assim como a gente acha que o Ministério Público é distante da gente, mas o MP vem atendendo esse problema, para tentar localizar essas pessoas. Aqui, a gente tem uma preocupação grande com quem são as pessoas que mais desaparecem no Estado do Rio de Janeiro e busca entender o que está acontecendo e o que faz essas pessoas desaparecerem", disse André.

O estudante Leonardo, de 17 anos, classificou a visita como muito proveitosa e destacou a parte que mais gostou durante a manhã: "Foi uma visita incrível. Eu não conhecia muito essa área jurídica e hoje foi uma boa oportunidade para entender um pouco mais do trabalho que é realizado aqui. O que eu achei muito interessante e gostei muito foi saber que para eleger o procurador-geral, existe uma eleição que é parecida com a que nós participamos de quatro em quatro anos", comentou Leonardo.

A historiadora Nayara do Santos e a estagiárias Liziane dos Santos e Thainá Feijó, do Centro de Memória, haviam visitado anteriormente os mesmos alunos no Instituto de Educação Carlos Pasquale, no dia 17/11.  Os estagiários Kevyn Gonçalves e Liziane dos Santos, e a secretária Jéssica Câmara, acompanharam os estudantes na visita pela sede nesta terça-feira (22/11). Os alunos vieram acompanhados pela professora Érica Caetano, da disciplina de Psicologia da Educação, que parabenizou e destacou a importância do Projeto Calçada da Cidadania para os alunos. "Foi uma iniciativa muito válida para os nossos alunos porque muitos, apesar de estarem fazendo o curso de formação de professores, não têm certeza do que vão exercer como profissão. Então, aqui foi mais um local onde eles podem estar conhecendo uma nova profissão, quem sabe, futuramente, tenhamos aqui nossos futuros advogados ou promotores", disse a professora.

Depois da visita ao MPRJ, os estudantes foram conhecer a Defensoria Pública, o IAB e a OAB-RJ, em um circuito que inclui conversas com profissionais especializados, visita a exposições, exibição de filmes e atividades lúdicas.

Por MPRJ

centro de memória do mprj
visita guiada mprj
114 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

Compartilhar

Compartilhar