NoticiasDetalhe

Notícia

Criminal
MPRJ prende responsáveis por camarote na Sapucaí que preparava comida no banheiro
Publicado em 12/02/2024 10:28 - Atualizado em 13/02/2024 15:29

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) efetuou duas prisões em flagrante, na noite de domingo (11/02), no Sambódromo. Foram presas as responsáveis pelo camarote Lounge Sapucaí e pelo fornecimento de alimentação no local, por armazenamento impróprio de alimentos. De acordo com a Promotoria de Justiça que atuou no plantão judiciário, os alimentos servidos aos convidados estavam sendo preparados no sanitário masculino, junto a objetos como meias e mochilas. Cerca de 500 quilos de alimentos encontrados no sanitário e no camarote foram descartados pela equipe de fiscalização.

A Promotoria de Justiça realizou a vistoria em conjunto com agentes do Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, Vigilância de Zoonoses e de Inspeção Agropecuária da Prefeitura do Rio (IVISA-Rio) e da Polícia Civil. O local também não dispunha sequer de refrigerador para o armazenamento dos alimentos.

A promotora de Justiça que atuou no plantão judiciário explica que o camarote infringiu o dispositivo do Art 7º da Lei 8.137/1990, que trata de crime contra as relações de consumo. Esclarece ainda que o espaço não foi fechado porque apresentava segurança para frequência, e a bebida não estava imprópria para o consumo. Já os alimentos e frutas foram todos descartados.

Além do camarote onde houve a prisão, foram vistoriados os camarotes Alegria, Experience, Lounge Carioca e Favela, onde foram identificadas algumas irregularidades que foram ajustadas em decorrência da atuação conjunta dos órgãos públicos.

Por MPRJ

prisão em flagrante
sambódromo
plantão judiciário
marques de sapucaí
vigilancia sanitaria
camarote no sambódromo
alimentos preparados no banheiro
112 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

NoticiasRelacionadas

Compartilhar

Compartilhar