NoticiasDetalhe

Notícia

Ouvidoria
MPRJ participa de evento pela conscientização do autismo na orla da praia do Leblon
Publicado em 07/04/2024 18:00 - Atualizado em 08/04/2024 12:42

“É um movimento que une as pessoas com autismo e demais deficiências na defesa da causa. É importante para nós, pessoas autistas, porque muitas vezes os nossos direitos acabam sendo violados. E o Ministério Público faz parte da nossa rede de apoio, está com a gente”, ressaltou o escritor, modelo, palestrante e cosplayer Guilherme Izidoro, também conhecido como Xawdrê, durante a 11ª Caminhada pela Conscientização do Autismo, que aconteceu na Praia do Leblon, na manhã deste domingo (07/04). A Ouvidoria Itinerante do MPRJ e o Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça Cíveis e Pessoa com Deficiência (CAO Cível e Pessoa com Deficiência/MPRJ) participaram do evento.

A caminhada reuniu pais de autistas e seus filhos em comemoração ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo (02/04), instituído pela ONU, para dar visibilidade à causa. Integrantes da equipe da Ouvidoria/MPRJ realizaram os atendimentos no ônibus do MPRJ e explicaram aos participantes a atuação do Ministério Público em relação ao autismo e outros temas. As manifestações serão encaminhadas aos respectivos Centros de Apoio do MPRJ, para que sejam transformadas em ações e projetos que atendam às demandas de inclusão.

"O Ministério Público caminha ao lado e de braços dados com as pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e de seus pais, que tanto lutam para dar visibilidade à causa e para garantir os direitos dos seus. E a presença da Ouvidoria Itinerante demonstra o compromisso que o MPRJ tem com a inclusão desses indivíduos na sociedade, promovendo a conscientização e a visibilidade para a luta dessas famílias. A sociedade precisa celebrar a neurodiversidade, enfrentando estereótipos, mitos e estigmas”, declarou o ouvidor do MPRJ, procurador de Justiça Augusto Vianna.

Ilton Caruso, fundador da Ong Mundo Azul, organizadora do evento, ressaltou a participação do MPRJ na causa. “O Ministério Público é um conciliador e um parceiro na orientação, para que a sociedade inclua com respeito e olhe para essas crianças. O Mundo Azul agradece muito essa parceria com o MP, porque tem total importância na questão da inclusão e conscientização”, disse Caruso.

Por MPRJ

ouvidoria
autismo
cao civel e pessoa com deficiência
caminhada autismo
21 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

Compartilhar

Compartilhar