NoticiasDetalhe

Notícia

Criminal
MPRJ denuncia policiais civis que invadiram casa para tomar pertences de morador
Publicado em 01/03/2024 13:37 - Atualizado em 01/03/2024 13:58

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializada do Rio de Janeiro, denunciou nesta sexta-feira (01/03), os policiais civis Mark Rodrigues Estebanez Stael e Mauro Tadeu Pereira Ribeiro por abuso de autoridade, peculato e prevaricação.  Os dois foram presos ontem (29/02) em operação conjunta do GAECO/MPRJ com a Corregedoria-Geral da Polícia Civil (CGPOL). 

A denúncia teve como base investigação realizada pela CGPOL. De acordo com o MPRJ, no dia 11 de janeiro deste ano, pela manhã, no bairro de Vaz Lobo, Zona Norte do Rio, os dois ingressaram na residência de um homem de forma clandestina, sem autorização judicial, visando a prejudicá-lo em uma suposta prisão por posse de artefatos ilícitos. Na ocasião, segundo a denúncia, eles recolheram para si uma pistola, uma aliança de ouro, nove mil reais em espécie, além do registro da pistola e a carteira de motorista da vítima. 

Os bens nunca foram apresentados em sede policial para formalização, e a diligência nunca foi registrada. A promotoria chama atenção ao fato de que os dois estavam acompanhados de uma terceira pessoa, ainda não identificada, que estava armada, embora não pertença aos quadros das polícias Civil ou Militar. Ressalta, também, que o alvo dos policiais estava completamente fora da circunscrição da delegacia onde estavam lotados, a 32ª DP (Taquara). 

"Importa afirmar que os denunciados, e o terceiro elemento ainda não identificado agiram imbuídos do mesmo propósito de subtrair os bens encontrados no interior da casa da vítima, vez que deixaram de proceder a sua entrega e formalização de apreensão em sede policial", diz trecho da denúncia.

O MPRJ também requereu a decretação de prisão preventiva dos denunciados, já detidos  na forma de prisão temporária.

Por MPRJ

denuncia
peculato
policia civil
prisao
policia
abuso de autoridade
89 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

Compartilhar

Compartilhar