NoticiasDetalhe

Notícia

Institucional
MPRJ realiza evento sobre segurança pública e grupos armados no Rio de Janeiro
Publicado em 26/01/2024 16:09 - Atualizado em 26/01/2024 16:08

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Instituto de Educação Roberto Bernardes Barroso (IERBB/MPRJ), em parceria com o Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), realizou, nesta sexta-feira (26/01), o evento "Grupos Armados no Rio de Janeiro- Bases Políticas, Econômicas e Formas de Enfrentamento". Em formato híbrido, a palestra foi organizada pelo promotor de Justiça Fabio Corrêa, coordenador do GAECO/MPRJ, que integrou a mesa de abertura ao lado do vice-diretor do IERBB Alexandre Couto Joppert, do promotor de Justiça Michel Zoucas, da procuradora de Justiça Andréa Amin, assessora da Corregedoria-Geral do MPRJ e do sociólogo e professor Daniel Hirata, coordenador do Grupo de Estudos dos Novos Ilegalismos da Universidade Federal Fluminense (Geni-UFF)

“Gostaria de agradecer a presença de todos e ressaltar que temos a casa cheia hoje, e isso se deve, em grande parte, ao brilhantismo dos nossos palestrantes. Nossa parceria com o professor Daniel Hirata já vem se estendendo há algum tempo e tem sido de grande contribuição para o Ministério Público. Ontem, dia 25 de janeiro, completaram 22 anos do falecimento do promotor de Justiça Francisco Lins, nosso colega mineiro, que combatia organizações criminosas que atuavam em fraudes de combustíveis em Minas Gerais. E por que eu estou falando isso? Porque foi diante desse caso emblemático, onde o homicídio foi rapidamente investigado, solucionado e responsabilizado que, cerca de um mês depois, surgiu o Grupo Nacional de Combate às Organizações Criminosas (GNCOC), sendo criados os GAECOS em cada estado”, ressaltou Fabio Corrêa.

Daniel Hirata dividiu a apresentação em três partes e falou sobre o mapa dos grupos armados do Rio de Janeiro, com as áreas sob controle de cada grupo armado; a construção da base cartográfica e estratégias para a formação da base de dados; classificação das denúncias relacionadas a atividades criminais do tráfico de drogas e da milícia, entre outros temas relacionados à segurança pública. Após a apresentação, os participantes puderam fazer perguntas, tirar dúvidas e encaminhar sugestões sobre o assunto.  

“Fico imensamente honrado com esse convite e com a possibilidade de trocar experiências com o Ministério Público. Essa interlocução entre a universidade e o MP é muito valiosa para o Geni, não só em relação ao acesso aos dados, processamento e análise, mas da possibilidade de conversarmos e conjuntamente enfrentarmos os problemas do nosso estado. São problemas que se agravaram ao longo dos anos e para apontarmos para uma direção melhor é preciso que haja um consenso de todos que estão efetivamente interessados em encontrar uma solução. A UFF começou essa cooperação técnica com o GAECO em 2021 e desde o início desse acordo, aprendemos muito. Essa parceria é muito importante. Não há hierarquia em relação ao conhecimento, é preciso que o conhecimento seja construído na interlocução”, afirmou Daniel Hirata.

Por MPRJ

gaeco
palestra
cursos ierbb
grupos armados
136 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

Compartilhar

Compartilhar