NoticiasDetalhe

Notícia

Criminal
Rio de Janeiro
MPRJ denuncia agenciador de boate em São Cristóvão por homicídio de segurança
Publicado em 08/12/2023 19:54 - Atualizado em 08/12/2023 19:53

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializada do Núcleo Rio de Janeiro, denunciou à Justiça Valter Silva Reis Júnior pelo homicídio do segurança Ronald Igor Silva Pinheiro. O crime ocorreu em novembro deste ano, na boate Night 73, em São Cristóvão. A Promotoria requereu a conversão da prisão temporária em preventiva do denunciado, que era agenciador na boate.

De acordo com a denúncia, Valter Silva Reis Júnior teria deixado uma pistola .380 em poder da vítima e segurança de seu estabelecimento. Na data marcada para a devolução da arma, a vítima teria levado o filho ao local de trabalho para fantasiar uma história a respeito da pistola. Ao perceber que estava sendo enganado, o denunciado atirou no filho do segurança. Ronald partiu em defesa do filho, mas foi atingido pelo denunciado e morreu no local. 

Para a 2ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializada do Núcleo Rio de Janeiro, o crime foi cometido por motivo fútil, impulsionado pelo sentimento de vingança, decorrente do sumiço de uma arma que o agenciador teria deixado com a vítima. 

Por MPRJ

homicídio
são cristóvão
boate
15 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

Compartilhar

Compartilhar