NoticiasDetalhe

Notícia

Institucional
MPRJ realiza reunião para difundir projeto nacional sobre ética, integridade e cidadania nas escolas 
Publicado em 04/08/2023 08:40 - Atualizado em 04/08/2023 11:30

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) realiza, na próxima segunda-feira (07/08), das 10h às 14h, o primeiro workshop e capacitação do projeto “NaMoral - Ética, Integridade e Cidadania”, no Rio de Janeiro. O treinamento será preparatório e de alinhamento para o evento de lançamento do “Projeto NaMoral”, chamado de “Encontrão”, que ocorrerá em setembro, na sede do MPRJ. 

O “NaMoral” foi desenvolvido pelo Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) para difundir o conceito de cidadania plena, o valor da honestidade e colaborar na formação de cidadãos responsáveis. No Rio de Janeiro, o projeto foi formatado em conjunto pelo Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação (CAO Educação/MPRJ), 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação da Capital, Instituto de Educação Roberto Bernardes Barroso (IERBB/MPRJ), MPDFT e Secretaria Municipal de Educação. Será implementado nas escolas municipais como piloto, com planejamento para sua expansão em toda a rede de ensino. 

Um dos objetivos é despertar nos estudantes a autorresponsabilidade, o protagonismo, a empatia e o altruísmo, promovendo reflexões sobre como se constroem e se mantêm os ciclos da corrupção na sociedade e oportunizando vivências construtivas e impactantes. A ideia é criar na escola um ecossistema de integridade, de modo que os estudantes vivenciem uma nova realidade, que é construída pelos seus esforços como embaixadores, influenciadores e como restauradores dos danos provocados pela desonestidade. A partir da experiência na escola, o “NaMoral” cria uma “fotografia do futuro”, isto é, o jovem visualiza um mundo possível, no qual ele deixou a posição de quem “espera alguém fazer alguma coisa” para assumir o protagonismo da transformação.   

O projeto foi aplicado pela primeira vez em 2019, em nove escolas públicas do Distrito Fedeal, impactando diretamente mais de 250 estudantes. No ano de 2020, o “NaMoral” conquistou o segundo lugar no Prêmio CNMP na categoria Redução da Corrupção, concorrendo com dezenas de projetos de todos os Ministérios Públicos do país. 

Estarão presentes a titular da 1ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação da Capital, promotora de Justiça Gláucia Santana; e o coordenador do CAO Educação, promotor de Justiça André Santos Navega; além de professores da rede pública municipal de Educação que atuarão como facilitadores para aplicação do projeto junto aos alunos nas escolas, representantes da SME, da Subsecretaria de Integridade da Prefeitura do Rio e do Ministério Público do Distrito Federal. 
 
Por MPRJ

mpdft
ministério público do distrito federal e territórios
namoral
ética integridade e cidadania
projeto namoral
encontrão
95 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)

Link Ver Todos

Compartilhar

Compartilhar