Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Criminal
MPRJ e Polícia Civil realizam operação para prender milicianos que atuam em Saracuruna
Publicado em 2017-10-10 10:57:18.0 - Atualizado em 2017-10-10 11:03:08.0

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), e a Polícia Civil, por meio da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO), realizam operação nesta terça-feira (10/10) para desarticular uma milícia que atua em Vila Urussaí, Saracuruna, na Baixada Fluminense. A operação cumpre 22 mandados de busca e apreensão e 11 mandados de prisão temporária de suspeitos pelos crimes de homicídio e milícia privada.

Os mandados foram expedidos pelas 3ª e 4ª Varas Criminais de Duque de Caxias. O objetivo é acabar com uma disputa territorial motivada pelo controle da distribuição e venda de gás e TV a cabo. As investigações apontam a atuação do grupo seria responsável por diversas mortes na região. Os alvos também são suspeitos de extorsões a comerciantes, agiotagem e furto de combustível. Os agentes buscam armas de fogo, veículos, anotações inerentes às atividades ilícitas do grupo, entre outras provas.

Entre os procurados está Guilherme de Souza Barbosa, indiciado pela Polícia por integrar a milícia e suspeito de diversos homicídios. Ele teria relações familiares com Denílson Silva Pessanha, o “Maninho do Posto”, ex-vereador de Duque de Caxias, acusado de chefiar uma quadrilha que desviava combustível dos dutos da Transpetro para revenda ilegal. 

gaeco
mprj
baixada fluminense
milícia
polícia civil
321 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)
Compartilhar