Noticias Novo Portal Noticias Novo Portal

Retornar para página inteira

Notícia

Institucional
MPRJ digital: Office 365 traz mais segurança e agilidade com armazenamento de dados na nuvem
Publicado em 2018-09-10 11:24:13.957 - Atualizado em 2018-09-14 14:02:19.0

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação e de Comunicação (STIC/MPRJ), começa a adotar definitivamente a política de armazenamento de dados na nuvem, tecnologia adotada pelas mais modernas corporações. A medida foi possível graças à aquisição da licença do aplicativo Microsoft Office 365, um dos diversos investimentos realizados pela atual administração para acompanhar as novas tendências tecnológicas.

“A partir dessa aquisição, nós começamos a falar na prática de armazenamento em nuvem no MPRJ”, contou o promotor de Justiça Bernardo Maciel Vieira, secretário de Tecnologia da Informação e de Comunicação da instituição. De acordo com ele, o serviço deve estar em funcionamento em toda estrutura do MP fluminense daqui a cerca de um ano, período em que serão realizados testes para o aprimoramento da ferramenta e a capacitação dos funcionários.

“A implantação será feita por áreas. Normalmente isso começa pela própria área de TI, onde os servidores se utilizam mais das ferramentas e possuem uma adaptabilidade maior a esta mudança de paradigma, até mesmo pelo tipo de função que exercem”, explicou Bernardo, acrescentando que a aquisição do Office também confere mais segurança e agilidade aos serviços prestados pelo MPRJ.

As regras de segurança da nuvem são muito mais rígidas, pois a Microsoft conta com vários ambientes para armazenar estes dados. “Para se ter uma ideia, se um funcionário deletar um dado específico do computador, nós poderemos reavê-lo dentro de um período de cinco anos”, destacou o secretário de Tecnologia da Informação e de Comunicação do MPRJ.

 

Teletrabalho

A nuvem vai aumentar a disponibilidade de espaço e desonerar a estrutura de dados do MPRJ. O servidor poderá  acessar seu correio eletrônico de qualquer lugar, com muito mais velocidade, além de possuir uma capacidade maior de armazenamento.  O uso dessa tecnologia é um importante passo no sentido de acelerar a adoção do teletrabalho nos quadros do MPRJ, garantindo maior eficiência à prestação de seus serviços e seguindo os conceitos atuais da prática de home office.

“Com o Office 365, damos um passo grande rumo à viabilização do teletrabalho de forma mais ampla. Atualmente, temos limitações de atividades neste modelo, pois os dados relativos ao exercício das diferentes funções só podem ser acessados internamente. A partir de agora, todo usuário poderá acessar estas informações externamente”, esclareceu o promotor.

Em junho de 2017, o procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, assinou resolução criando o programa-piloto de teletrabalho no MPRJ. Os objetivos estabelecidos foram, entre outros, aumentar a produtividade, otimizar os serviços prestados à sociedade, reduzir o consumo de água, energia elétrica e papel e proporcionar a melhoria na qualidade de vida dos servidores, facilitando a rotina de trabalho para aqueles com dificuldade de deslocamento.

A aquisição do Office 365 é um marco para o MPRJ, que continua se reinventando e investindo cada vez mais em tecnologia e soluções inovadoras para produtos e serviços. Entre os conceitos de governança digital adotados pela atual administração estão a proatividade na elaboração de políticas e na prestação de serviços ao público e a progressiva digitalização de suas funções, contribuindo para mudar a relação entre os cidadãos e o setor público.

tecnologia
stic
ti
mprj digital
microsoft office 365
modernização
armazenamento na nuvem
459 VISUALIZAÇÕES*
*Fonte: Google Analytics
(Dados coletados diariamente)